Dieta para quem tem refluxo – Alimentos permitidos e não permitidos

A doença do refluxo gastroesofágico (DRGE), ou simplesmente refluxo, é o problema que mais afeta o trato digestivo da população. Ela aparece quando o conteúdo estomacal (ácido clorídrico, bile, enzimas e outros) volta ao esôfago, devido ao não fechamento de uma válvula chamada esfíncter esofágico.

Como o esôfago não tem a mesma proteção que o estômago, esse conteúdo estomacal que retorna machuca as paredes esofagianas, causando inflamação e dores, principalmente azia e regurgitação.

O tratamento clínico engloba mudanças de estilo de vida (tratamento não farmacológico), medicamentos (tratamento farmacológico) e, em casos mais avançados, cirurgia. Como tratamento não farmacológico, é possível citar mudanças na alimentação e diminuição no consumo de determinados alimentos.

Quer saber que alimentos são esses? Confira as dicas completas que o Quero Viver Bem preparou para você!

sintomas da azia

Alimentos que melhoram os sintomas do refluxo

Antes de falar quais são os alimentos que podem causar ou piorar o refluxo, veja quais são os que podem ajudar a melhorar:

 Aveia

As fibras, de um modo geral, melhoram e acalmam o trato digestivo, neutralizando o excesso de acidez no estômago, o que ajuda a reduzir os sintomas de refluxo.

A aveia pode ser consumida diariamente, sendo cerca de 2 colheres de sopa são suficientes para obter os benefícios deste alimento.

farinha de aveia

Mamão

Um estudo austríaco constatou que componentes do mamão reduzem consideravelmente o inchaço, a constipação e a azia. Rico em enzimas proteolíticas e papaína, a fruta também auxilia na digestão de proteínas e acaba diminuindo o refluxo.

Comer uma fatia dela após a principal refeição do dia é um diferencial da boa digestão.

[LEIA TAMBÉM: REMÉDIO CASEIRO PARA QUEM TEM AZIA]

Legumes e verduras

Por conterem pouquíssimas quantidades de gordura e açúcar, alimentos como legumes e verduras são eficazes na redução do suco gástrico produzido no estômago, acalmando e diminuindo os níveis de acidez.

Incluir saladas cruas e cozidas ou refogadas no almoço e no jantar é bastante benéfico ao organismo, principalmente ao sistema digestivo.

Gengibre

O gengibre é um grande aliado dos problemas estomacais. Além de anti-inflamatório, também melhora o funcionamento intestinal. Estudos sugerem que a raiz tem um efeito positivo sobre as enzimas que quebram gorduras e proteínas, facilitando o processo de digestão e diminuindo o refluxo.

A maneira mais comum de consumir o gengibre é na forma de chá ou em sucos, mas também pode ser utilizado como tempero para diversos tipos de alimentos.

Gengibre2

Alimentos que pioram o refluxo

Uma dieta pobre em nutrientes e rica em alimentos processados é um fator contribuinte para o problema. Portanto, se você sofre com os sintomas do refluxo, é melhor evitar:

sintomas da azia3

Gorduras ruins

A gordura em excesso aumenta a produção de ácido gástrico e faz com que a comida demore mais para ser digerida, permanecendo mais tempo no estômago e aumentando a chance de refluxo.

Frituras, margarina, óleos vegetais, carnes muito gordurosas, chocolates, sorvetes, bolachas e demais alimentos industrializados são ricos em gorduras ruins e devem ser evitados.

Café

A cafeína ajuda a relaxar o esfíncter esofágico, fazendo com que esse fique mais “aberto”, facilitando o refluxo.

Além do café, outros alimentos ricos em cafeína são chocolates, chá preto e verde e refrigerantes. Menta e hortelã, apesar de não conterem cafeína, apresentam outra substância que também causa o relaxamento do esfíncter, devendo ser evitados.

Condimentos

Alguns tipos de pimenta podem irritar ainda mais a mucosa, dependendo da quantidade consumida. Por isso, é melhor evitar o excesso.

Álcool

Bebidas alcoólicas estimulam a secreção gástrica e comprometem os mecanismos protetores do trato gastrointestinal.

Alimentos ácidos

Para que a acidez estomacal não se eleve ainda mais e piore o problema, é preciso evitar alimentos ácidos, como limão, tomate, abacaxi, laranja, maracujá e refrigerantes.

Dicas gerais para quem tem refluxo

  • Fracionar mais a alimentação, preferindo fazer pequenas refeições durante o dia;
  • Evitar comer e já deitar, esperando, ao menos, 2 horas para tal;
  • Evitar os alimentos que pioram os sintomas da doença;
  • Preferir por uma alimentação mais saudável, rica em vegetais, frutas não ácidas, carnes magras, grãos integrais, tubérculos, oleaginosas;
  • Reduzir o excesso de peso, quando houver;
  • Evitar cigarro e bebidas alcoólicas;
  • Evitar roupas apertadas;
  • Elevar a cabeceira da cama para que o suco gástrico não “suba” ao deitar-se na cama.

O acompanhamento médico é essencial, pois, em muitos casos, será recomendado o uso de medicamentos e, se as mudanças no estilo de vida e o tratamento farmacológico não forem suficientes, pode ser que uma cirurgia precise ser feita para corrigir o problema.

O post Dieta para quem tem refluxo – Alimentos permitidos e não permitidos apareceu primeiro em Quero Viver Bem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *